Assine nossa newsletter Novidades, calendário de eventos e jogos diretamente no seu e-mail.
Notícias Veja outras notícias

Gramado da Arena das Dunas passa por recuperação para o Estadual


A menos de três semanas do início do Campeonato Potiguar 2019, o gramado da Arena das Dunas, considerado um dos melhores do Brasil, passa por um processo natural de recuperação para receber os jogos de Força e Luz, América e Santa Cruz de Natal. A partida de estreia do Estadual está marcada para o dia 10 de janeiro (uma quinta-feira), às 20h, entre Santa Cruz e América, com mando de campo do tricolor. No domingo, dia 13, o estádio deve receber uma rodada dupla: Força e Luz x Santa Cruz e América x Potiguar.

 

Com o andamento do processo de recuperação, iniciado há uma semana, até o fim deste ano o gramado já vai estar com o verde natural, em condições de jogo, segundo informou o coordenador de projetos da Arena das Dunas, Mateus Cunha. "Depois de dez dias, já podemos notar o gramado ficando verde. Em quinze dias, já deverá estar bem verde", ratifica Mateus.

 

Quem visitou a Arena das Dunas durante esta penúltima semana de 2018 encontrou uma camada branca de areia, cobrindo o campo. "Fizemos um corte vertical, depois a aeração e em seguida a cobertura com areia. Após todos os serviços necessários iniciais, o campo fica coberto totalmente com areia, por isso, fica branco", esclarece Mateus. 

 

Esta cobertura com areia branca é conhecida como 'topdressing', necessária para ajudar a manter o nivelamento do campo de jogo e diminuir a concentração de matéria orgânica na camada superior do solo, segundo informa Mateus.

 

Desde sua criação, em 2014, quando sediou os jogos da Copa do Mundo daquele ano, a Arena das Dunas mantém o mesmo tipo de grama: Tifway Bermuda Grass 419, próprias para a prática esportiva pela alta qualidade genética. "A grama foi cultivada em Touros (município do litoral norte potiguar, distante 80 km de Natal). O gramado ainda é o mesmo da implantação, que é renovado todo ano com essas atividades que estão sendo executadas", revela Mateus.

 

Corte vertical

Os serviços que estão sendo realizados servem para manter o gramado sempre na condição ideal e para prolongar a vida útil. A grama é cortada de três a quatros vezes por semana. Uma máquina específica, com lâminas verticais, é a responsável pelo corte vertical da grama, que tem o objetivo de eliminar o excesso de matéria orgânica acumulada durante o ano. "O campo é adubado regularmente, via adubações de granulares e foliares", lembra Mateus.

 

Durante o ano, funcionários da arena, responsáveis pela manutenção do gramado, fazem uma fiscalização diária para verificar a presença de doenças, insetos nocivos ou plantas daninhas. E a cada 15 dias ainda é feito um processo para manter o terreno o menos "duro" possível, através da perfuração de alguns pontos do solo, que ajuda na compactação do terreno e melhora as condições de fertilidade da grama. "A descompactação do gramado é feita para manter o solo na compactação ideal", enfatiza Mateus. 

 

Só na primeira fase do primeiro turno do Estadual, durante um mês, de 10 de janeiro a 10 de fevereiro, o gramado da Arena das Dunas deve receber dez jogos, com mando de campo do América, Santa Cruz e Força e Luz. Entre fevereiro e março, ainda tem os jogos do segundo turno do Estadual e um jogo pela Copa do Brasil: Santa Cruz x Tupi/MG. 

 

De acordo com Mateus Cunha, 'o ideal seria permitir apenas um jogo por semana para o campo não se deteriorar". Mas, pelo calendário de jogos, a arena receberá, no mínimo, duas partidas por semana, o que exigirá um pouco mais da equipe de manutenção. "Depende muito da época do ano e da condição do gramado", atesta Mateus.